Página inicial > Português > América Latina > BRASIL - O Lula teve razao em nao ir ao debate da Globo (por Marilza de (...)

BRASIL - O Lula teve razao em nao ir ao debate da Globo (por Marilza de Melo Foucher)

sábado 30 de setembro de 2006, postado por Marilza de Melo Foucher

Acabo de ver os vídeos do debate! O «trio tristeza» só faltou cantar esse refrão: Naquela cadeira estar faltando ele e a inveja dele estar doendo em mim".

Coitado do jornalista da Globo que anunciava que o debate ia ser sério, sem baixarias e que o eleitor ia conhecer o programa de governo de cada candidato para tirar suas conclusões! Dito naquele tom solene do padrão Globo impressiona.

O que assisti foi um pouco cômico para um debate democrático de 3 candidatos a Presidência. Nenhum apresentou seu programa, parecia que havia entre eles algo combinado para usarem a mesma estratégia de ataque contra Lula, mas o alvo não estava presente, então se perderam no tiroteio.

A histérica da Heloisa se vestiu de branco para dar uma aparência mais terna no meio do «trio tristeza», quando falava no Lula aumentava sua adrenalina e a expressão no seu rosto se alterava, não conseguia disfarçar sua ira contra Lula. O pobre do Cristóvão parecia que tinha sido contratado como cabo eleitoral para salvar o representante do Opus Dei. Só faltou dizer votem nele para termos o segundo turno! Infelizmente o seu discurso sobre educação se esvazia, ele foi o primeiro ministro da Educação de Lula e pelo visto não avançou nada na reforma educacional, exceto fora da proposta contraditória sobre quotas. Que alias é questionável e polêmica, pelo fato que o Brasil ser um pais multicultural, bem diferente dos paises com Estados Unidos e Inglaterra, fortemente marcados pelo “comunitarismo". O que necessitamos é de educação de qualidade para todos, indiferente de critérios raciais, o que temos é de combater as discriminações sociais e condenar qualquer tipo de discriminação racial. Essa iniciativa foi a única do Cristóvão que como pessoa eu tenho certo respeito, mas como Ministro ele decepcionou a muitos, além disso foi sempre sonho do Cristóvão ser um dia presidente, quem sabe um dia ele chega lá. Afinal a educação será sempre uma boa bandeira de luta. Mas essa bandeira estar presente no programa de Lula.

Vamos ver quais serão os próximos escândalos, o vale tudo vai continuar até conseguirem impedir a governabilidade democrática. Eu prefiro progredir que regredir. O tucanato nunca mais! Voto em Lula sem perder minha visao crítica e combativa, continuarei a contribuir com minhas críticas construtivas.

Enquanto isso eu não aceito a morte do PT, não é pelo fato de ter um, quatro corrompido, que vou aceitar o esfacelamento em praça publica de um partido que tem em seus quadros a representação de todas as categorias sociais brasileiras. Qual o partido ai no Brasil que tem essa pluralidade política e criado de baixo para cima? qual o partido (fora do de alguns antigos do PMDB )que lutou pela democratização desse país? Que inovou em suas administrações locais? que levou a questão ética para ser discutida? Que levou o tema da inclusão social para o debate publico e apresentou propostas concretas para sua efetivação? Qual o brasileiro que não se orgulha de ver a vida melhorar para os pobres? De ver que o acesso a educação e ao emprego pode diminuir a violência brasileira? E pode mudar o rosto do Brasil?

Agora eu não aceito a hipocrisia daqueles que querem colocar tudo no mesmo saco. Que fazem campanha de uma violência nunca vista contra um partido. Para quem não sabe, eu nunca fui filiada ao PT, mas sou membro fundadora do Partido e minha historia é digna de uma militante pela democracia e pelo exercício da cidadania. Essa historia, eu não admito que a direita destrua. Quem mais roubou e abusou do poder nesse país foram eles que hoje querem passar por honestos e se apoderar do discurso da moral publica. A imprensa brasileira que sempre saiu na defesa dos donos do poder econômico, hoje pratica uma oposição virulenta e se desespera porque o povo não estar sendo mais manipulado e chega a praticar o racismo inclusive dividindo o Brasil entre nordestinos da miséria, negros que votam em Lula e os sulistas esclarecidos que votam contra Lula. Que ignorância dividir o Brasil com esses critérios racistas! Dizem coisas horrorosas que fazem a gente realmente esclarecida de norte ao sul morrer de vergonha! Como imaginar que em pleno século XXI possamos ter jornalistas com tanto ódio racial? Parece até que defendem a pratica ideológica que sujou a historia da África do Sul. O grande herói Mandela deveria ser convidado para dar uma palestra no sindicato do jornalismo, para lhes falar desse triste passado que envergonhou o mundo.

A renovação dos quadros políticos depende de cada um de nós. Podemos por exemplo colocar para fora as velhas raposas políticas, estes criaram a política fisiológica do dando é que se recebe, são eles que freiam todas as reformas estruturais e impedem o bom funcionamento das estruturas do poder legislativo. Esses não estão no senado, na câmara para defender o interesse coletivo, o interesse do povo, mas sim o interesse das regalias que o poder político lhes oferece. O pior é que muitos eleitores (as) contribuem para a falta de ética parlamentar, querem que cada político lhe consiga emprego, bolsa de estudos para seus filhos, passagens aéreas e outros tipos de apadrinhamento político. Muitos esquecem que o poder legislativo é a representação do povo e que o papel dos políticos e de votar as reformas que beneficiem o povo, aprovar projetos e apresentar projetos que defendam o bem estar dos seus concidadãos. Infelizmente certos comportamentos podem ser adotados espontaneamente pela sociedade que passa a achar normal que os políticos sirvam de cabides de empregos, os favores privados passam a prevalecer acima do interesses coletivos. Essa falta de consciência política e esse tipo de comportamento certos eleitores (as) contribuem para a falta de ética na política. A sociedade brasileira há séculos convive com o famoso “jeitinho” integrante do vírus da corrupção, o que leva hoje a existência de pequenos, médios e grandes corruptos em todas as esferas de poder. Por isso a moralização da vida publica começa pela nossa própria avaliação de como eu e você nos relacionamos com o poder.

O vírus da corrupção pode ser vencido, mas não aceite a solução vinda das velhas raposas, graças a eles o virus existe e pode voltar mas resistente e vai contaminar o Brasil para sempre!

Pelo voto consciente e pelo exercício continuo da cidadania.

Marilza de Melo Foucher, Consultora Internacional.

As opiniões expressas nos artigos e comentários são da exclusiva responsabilidade dos respectivos autores e não representam, necessariamente, as opiniões da redacção de AlterInfos ou de Dial. Comentarios injuriosos o insultantes serán borrados sin previo aviso.

Mensagens

  • Parabéns pelo comentário, tudo o que percebi e senti no debate foi traduzido por você.
    Em alguns momentos do debate tinha a impressão que haviam frases prontas «decoradas» para atacar o Lula. Quanta maldade e falta de visão dos nossos candidatos a Presidência, não é?

    • O que mais me entristece em meu país foram as analises de pesquisas como Ibope e os comentarios nos jornais como o Estadao e alguns de Folha, revista Veja, que para mim eram de ordem discriminatoria,incitando ha um regionalismo desnecessário com ranços de ideologia do apharteid. As analises que classificavam os eleitores pela cor da pele e com números de uma pesquisa do Ibope que não prova nada, a matéria tentava sustentar a tese de que os nordestinos, os pobres e os negros dão menor valor à questão ética do que os habitantes do Sul, Sudeste onde tem os ricos e os pobres. Diz o Estadão: «No Nordeste, 10% dos eleitores declaram que votariam em político acusado de corrupção - índice próximo do Norte/Centro-Oeste, que é de 9%. No Sul e no Sudeste, esses índices são de 6% e 7%, respectivamente. O Estadão avalia também que a pesquisa do Ibope permite estabelecer relação entre cor de pele e rigor moral:»Os que se autodeclaram brancos são mais implacáveis com a ética: 88% não votariam num corrupto; os que se autodeclaram pardos cobram menos e 85% não votariam em indiciados por corrupção; mas os que se autodeclaram pretos são os menos
      rígidos com a ética: só 82% negam o voto a corruptos". Co disse uma amigo
      que reagiu a essa matéria: Queira-se ou não, a idéia que se passa é de que, quanto mais escurinha for a cor da pele, maior será a frouxidão com valores éticos.

      Quanto ao combate a corrupçao é um dever e nisso temos que ser implacaveis independente dos partidos políticos e é isso tipo de analise que qualquer jornalista deve fazer de modo imparcial.
      Marilza

    • O LULA FEZ MUITO BEM EM NÃO IR AO DEBATE.NÃO IA HAVER DEBATE... SIM SÓMENTE ATAQUE.NENHUM CANDIDATO IRIA COLOCAR SEUS PROGRAMAS E RESPONSABILIDADES PARA COM O ELEITOR.SE UMA JAULA COM TRES LEÕES COM FOME, PEDISSEM A VOCE PARA SERVIR DE ALIMENTOS PARA ELES VOCE IRIA?

  • Creio que a senhora Marilza não contribuiu para a democracia ao escrever esse artigo. Ao faltar ao debate o Lula faltou com respeito com os brasileiros e principalmente com os seus próprios eleitores. É um direito do povo ver o seu presidente e candidato discutir o que foi feito na sua gestão e o que pretende fazer na próxima se for reeleito.
    Mas respeito a opinião de cada um, só acho que temos que tomar cuidado com o que divulgamos em fontes que podem influenciar as pessoas.
    E lamento muito eu ter sido a única pessoa que tenha escrito nessa página com uma opinião contraria.
    Deixo um forte abraço a senhora MARILZA.

    • Desculpem, não consigo ser optimista quanto ao futuro político do país. Temos todas as condições para tornarmos o país numa potência mundial, temos um crescimento elevadíssimo mas, ainda ssim, ficamos áquem das expectativas. Podemos conseguir e merecemos ainda melhor, muito melhor. No meio dessa gente de baixa categoria, o Lula ainda é o melhor. Contudo, ele também é de baixa categoria, nenhum deles t em capacidade para governar o país. E o pior é que agente não vê uma luz ao fundo do túnel, isto é, não vejo nenhum polítco que transpareça capacidade de governar. A classe política brasileira está altamente descredibilizada!Eu bem tento mas eu não acredito em nenhum deles!!...gostaria mas não consigo..não me diagm que sou pessimista, não sou...eu apenas não tenho a capacidade de acreditar piamente em tudo que me dizem como alguns...Me sinto meio perdido quando vejo debates políticos, espero que apareça alguém que renove a nossa classe política pois ele bem precisa.

Uma mensagem ou comentário?

moderação a priori

Este fórum é moderado a priori: a sua contribuição só será exibida após ser validada por um administrador do site.

Quem é você?
Sua mensagem

Para criar parágrafos, basta deixar linhas em branco.